A Ludicidade Dentro da Disciplina de Educação Ambiental

Relato de Experiência no Ensino Superior

Autores

  • Rafael Pereira de Matos

DOI:

https://doi.org/10.32915/pleiade.v14i30.669

Resumo

Este trabalho consiste em um relato de experiência sobre a disciplina de Educação Ambiental ofertada em um curso de Licenciatura em Pedagogia em uma instituição particular de ensino superior no município de Fortaleza-CE. O objetivo foi analisar a eficiência de atividades práticas e lúdicas de sensibilização ambiental na formação crítica e ética dos futuros educadores em um contexto de problemáticas socioambientais da sociedade contemporânea. O estudo foi realizado com duas turmas do segundo semestre do curso, cada uma com 35 alunos. Dentre as atividades propostas, os discentes prepararam maquetes e jogos didáticos de alfabetização ambiental. Também foram realizadas aulas de campo para Unidades de Conservação e reservas ecológicas em Fortaleza. Como resultados foram acolhidos relatos de alguns discentes das duas turmas e, baseado nisto, concluiu-se que as atividades foram eficientes mostrando efeito positivo na formação dos pedagogos e tornando mais proveitosos os conhecimentos relacionados à temática ambiental adquiridos por estes. Portanto, por meio das ações e práticas de educação ambiental é possível incentivar esses indivíduos a pensar coletivamente, entendendo as questões presentes no cotidiano de maneira contextualizada e crítica e aprimorar a sua futura prática docente seja na educação formal seja na não-formal.

Biografia do Autor

Rafael Pereira de Matos

Graduado em Ciências Biológicas, licenciado e bacharel pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Downloads

Publicado

02-12-2020 — Atualizado em 28-04-2021

Versões