De “Mãos Dadas”: Andragogia e Aprendizagem Ativa no Contexto da Docência Universitária

Autores

  • Cecília Oderich

Resumo

Pode-se pensar em referenciais de educação historicamente autocráticos mas, desde a antiguidade, encontramos exemplos de professores que estimulavam o pensamento crítico e a postura ativa dos aprendentes. O artigo, que se constitui como ensaio teórico, apresenta um panorama sobre as alternativas de abordagens educacionais tendo em vista a aprendizagem de qualidade. Ambas as abordagens, andragógica e pedagógica são aplicáveis ao processo de ensino-aprendizagem, mas infere-se a priorização da andragogia no contexto universitário. Importante considerar as especificidades do modo de aprender do adulto, além do perfil docente, do contexto e do conteúdo, em movimentos processuais e dinâmicos. A andragogia se desenvolve na produção de sentido, diretamente conectada à aprendizagem ativa e requerendo comprometimento das partes envolvidas no processo. A potência da atuação docente se constrói na trajetória de busca por reflexão e postura inovadora, aplicando com consistência metodologias ativas e desenvolvendo competências técnicas, conceituais, humanas e relacionais.

Biografia do Autor

Cecília Oderich

Mestre e Doutora em Administração (PPGA/UFRGS). Especialista em Dinâmica dos Grupos (SBDG/FATO). Professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Foz do Iguaçu, PR.

Downloads

Publicado

02-12-2020