Análise dos Efeitos do Diodo Laser de Al-Ga-In-P (Alumínio- Gálio-Índio-Fósforo) com Potências de 1 J/Cm2 e 5 J/Cm2 na Dor Induzida Pela Hipotermia Quando Aplicada nos Acupontos Ig4 (Hegu) e Ig15 (Jianyu)

Estudo Piloto

Autores

  • Ana Izabela Sobral de Oliveira-Souza
  • Laiza de Oliveira Lucena
  • Maria das Graças Paiva
  • Juliana Netto Maia
  • Gisela Rocha de Siqueira
  • Geisa Guimarães de Alencar
  • Eduardo José Nepomuceno Montenegro

DOI:

https://doi.org/10.32915/pleiade.v13i29.645

Resumo

Lasers de baixa potência atuam diminuindo a inflamação e como consequência, a sensibilidade à dor. Com o intuito de eliminar o desconforto durante os estímulos nos acupontos pelas agulhas, foi introduzido o estímulo por radiação Laser nos pontos de acupuntura, nascendo a Laser acupuntura. Esse estudo teve como objetivo verificar a influência da ação do Diodo Laser de Al-Ga-In-P (Alumínio-GálioÍndio-Fósforo) com potências de 1 J/cm2 e 5 J/cm2 aplicados nos acupontos IG4 e IG15 aplicados ipsilateral e contralateral ao membro estimulado pela hipotermia. Trinta e seis voluntários de ambos os sexos foram divididos em três grupos: Laser com potência de 1 J/cm2 nos acupontos IG4 e IG15, Laser com potência de 5 J/cm2 nos mesmos acupontos e Controle (sem intervenção). O estudo consistiu em três ciclos: hipotermia sem Laser (Pré-Tratamento), hipotermia com Laserterapia (Tratamento) e hipotermia pós Laserterapia (Pós Tratamento). A latência do limiar de dor e a intensidade da dor foram mensuradas em todos os ciclos. Para a análise dos dados da latência do limiar da dor foi aplicado o teste de Anova um critério acompanhado do teste T de Student pareado como post hoc. O teste de Friedman foi aplicado para análise da intensidade da dor. O nível de significância adotado neste estudo foi de p<0,05. Os resultados foram, estatisticamente significativos em relação à latência do limiar de dor nos grupos 1 J/cm2 e 5 J/cm2. Quanto à intensidade da dor, nenhum dos grupos apresentou significância estatística. 

Biografia do Autor

Ana Izabela Sobral de Oliveira-Souza

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Ciências do Movimento da UniversidadeFederal de Pernambuco (UFPE), Recife, PE.

Laiza de Oliveira Lucena

Acadêmica de graduação do curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Maria das Graças Paiva

Professor Doutor do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Juliana Netto Maia

Professor Doutor do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Gisela Rocha de Siqueira

Professor Doutor do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Geisa Guimarães de Alencar

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Ciências do Movimento da UniversidadeFederal de Pernambuco (UFPE), Recife, PE.

Eduardo José Nepomuceno Montenegro

Professor Doutor do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Downloads

Publicado

29-07-2020