A Sucessão Vista sob a Ótica da Transferência da Doutrina do Cooperativismo Entre e Intra as Gerações de Famílias de Cooperados

Um Caso de Associados de Cooperativa

Autores

  • Geórgia Luiza Maldaner
  • Rejane Inês Kieling

DOI:

https://doi.org/10.32915/pleiade.v13i29.643

Resumo

Manter e transferir o espírito do Cooperativismo entre e intra gerações de famílias tem sido bastante desafiador diante de um mundo cada vez mais globalizado, onde as crenças, sentimentos e culturas estão cada vez mais diferenciados nas diferentesgerações de uma propriedade rural. Este estudo teve como objetivo compreender como o espírito do Cooperativismo é transferido através das gerações que compõem uma propriedade rural e como as Cooperativas Agropecuárias são importantes neste processo, a fim de que elas também se fortaleçam diante deste cenário. A pesquisa foi realizada com um grupo de cooperados da Cooperativa Triticola Taperense Ltda. (Cotrisoja) através de entrevistas, buscando identificar sentimentos, crenças e respostas referentes ao tema. Concluiu-se que quanto mais forte for as crenças e sentimentos sobre o cooperativismo em todas as gerações de família e quanto maior for a aproximação da Cooperativa com seus cooperados, mais facilmente o espírito do Cooperativismo é transferido para as próximas gerações, o que gera um futuro promissor para as nossas Cooperativas Agropecuárias.

Biografia do Autor

Geórgia Luiza Maldaner

Acadêmica do Curso de MBA em Gestão Estratégica do Agronegócio da Faculdade de Tecnologia doCooperativismo.

Rejane Inês Kieling

Orientadora, Prof. Drª. do Curso de MBA em Gestão Estratégica do Agronegócio da Faculdade deTecnologia do Cooperativismo.

Downloads

Publicado

29-07-2020