Análise da Flexão e das Manifestações Patológicas em Laje Maciça na Cidade de Foz do Iguaçu

  • Tatiane Couto
  • Scarlet Karina Montilla Barrios

Resumo

O presente estudo procurou fazer uma análise numérica computacional e depatologias de uma laje maciça do segundo pavimento de uma edificação comercial emFoz do Iguaçu, PR. A mesma tem uma configuração circular apresentando varios problemas.Para desenvolvimento da análise utilizou-se um levantamento das anomaliasatravés de vistoria do local, identificação da natureza e origem das patologias, diagnósticoda situação e caracterização das patologias, e uma análise numérica por ele -mentos fintios para propor as soluções mais adequadas ao problema da flexão da laje.As principais manifestações patológicas estão ligadas a erros de projeto, construção emanutenção inadequada, fatores que explicam os problemas precoces ocorridos naobra. Estabelece-se como necessário que a laje seja reforçada com armaduras negativase positivas para sua utilização, devido a que a flexão e muito alta e sobrepassa olimite permitido normativamente. A solução indicada para a correção de fissuras e rachadurasnas juntas de concretagem é a injeção de resinas e argamassas epoxídicas euso de pintura anticorrosiva a base de zinco.

Biografia do Autor

Tatiane Couto
Engenheira Civil pelo Centro Universitário União das Américas (Uniamérica).
Scarlet Karina Montilla Barrios
Engenheira. Mestre em Engenharia Estrutural pela Universidade de los Andes (ULA), Mérida, Venezuela.Docente Universidade Federal de Integração Latinoamericama (UNILA) dos Cursos de Arquitetura e Urbanismo;Engenharia Civil; Engenharia de Energia, em Foz de Iguaçu, PR.
Publicado
02-10-2019