Educação Positiva

o Ensino do Bem-Estar e Suas Implicações Emocionais e Cognitivas

  • Kristian Sgorla
  • Maria Fatima Menegazzo Nicodem

Resumo

Este trabalho intenta fomentar discussões e estudos acerca da viabilidade daimplantação de um modelo de Educação Positiva no sistema público de ensino brasileiro.Essa nova abordagem educacional une as ciências da Psicologia Positiva e daInvestigação Apreciativa ao ensino, defendendo que o florescimento emocional humanoe a excelência acadêmica devem ser vistos como objetivos complementares daeducação. Em linhas gerais, a Educação Positiva busca promover dentro e fora dasinstituições de ensino o bem-estar da comunidade escolar, em especial dos professorese alunos, por meio do estímulo ao autoconhecimento. Estudos mostram que obem-estar infantojuvenil melhora de forma duradoura o desempenho acadêmico decrianças e jovens, contribui para sua saúde física na fase adulta, promove a criatividadee a coesão social, incentiva a cidadania, previne a depressão e reduz comportamentosde risco. A partir dessa perspectiva e utilizando-se de um levantamento bibliográficoe documental de caráter exploratório, este estudo pretende fazer um resgatehistórico da Educação Positiva no mundo, desde sua gênese até o estado de sua arte.Como estudo de caso, o texto descreve o trabalho realizado na escola australianaGeelong Grammar School, pioneira mundial na inserção da Educação Positiva em umcurrículo escolar. Quer-se, com isso, criar um referencial teórico que possa inspirar eembasar projetos de incorporação da Educação Positiva nas práticas pedagógicas tradicionaisbrasileiras, adaptando experiências bem-sucedidas à realidade escolar decada local.

Biografia do Autor

Kristian Sgorla
Graduado em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pelo Centro Universitário Dinâmicadas Cataratas – UDC, Campus Foz do Iguaçu (2004) e licenciado em Língua Inglesa pela Universidade FederalTecnológica do Paraná – UTFPR, Campus Medianeira (2018). Especialista em Comunicação, Educaçãoe Artes pela Universidade Paranaense – UNIPAR, Campus Cascavel (2006). Mestre em Ensino pelaUniversidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Campus Foz do Iguaçu (2016). Analista Educacionaldo Parque Tecnológico Itaipu – PTI-BR.
Maria Fatima Menegazzo Nicodem
Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE (1991). Especialistaem Linguística Aplicada ao Ensino do Português pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais –PUC Minas (1994). Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2005).Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Maringá – UEM (2013). Pós-doutora em Educaçãopela Universidade Estadual de Maringá – UEM (2017). Professora da Universidade Tecnológica Federal doParaná – UTFPR, Campus Medianeira.
Publicado
12-06-2019