A Formação de Professores e a Política de Ampliação do Ensino Fundamental: Narrativas de Alfabetizadoras

  • Jamily Charão Vargas Uniamérica

Resumo

Este artigo relata uma pesquisa realizada frente à temática da Formação de Professores no momento histórico de ampliação do Ensino Fundamental para nove anos. Concentra-se na história de vida de três professoras, tendo como objetivo geral investigar as concepções construídas frente às infâncias e às práticas lúdicas, ao longo da trajetória de vida pessoal e profissional destas professoras que atuam na nova classe de 1º ano do Ensino Funadamental. Para tanto, utiliza-se uma abordagem qualitativa, com o Método Estudo de Caso do tipo Histórias de Vida, tendo como instrumentos de coleta de informações as autobiografias escritas e as entrevistas semi-estruturadas com as colaboradoras da pesquisa. A partir da reconstrução de suas histórias de vida, as três colaboradoras narraram suas representações de infâncias e de prática lúdicas, construídas no decorre de toda sua trajetória pessoal e profissional. Apóia-se nos que abordam a infância e as práticas lúdicas; em autores que estudam a formação e saberes docentes; bem como nas Leis, Pareceres e Orientações Legais para a ampliação do Ensino Fundamental. Acredita-se que a implementação do Ensino Fundamental de nove anos abre espaços para a discussão das infâncias e das atividades lúdicas entre os professores, em busca de práticas consistentes para as novas perspectivas apontadas para o trabalho didático e pedagógico com as crianças de seis anos de idade. Considera-se a relevância das Orientações e Relatórios do Ministério da Educação (2004a, 2004b, 2006, 2007) para que este trabalho no novo primeiro ano do Ensino Fundamental ocorra numa perspectiva lúdica, abordando um ambiente alfabetizador e respeitando o desenvolvimento integral da infância. Nesse sentido, esta pesquisa configura momentos importantes de aproximação com as concepções sobre a infância e o brincar, apontando hipóteses para a construção de práticas que respeitem as infâncias e valorizem os aspectos lúdicos dentro das salas de aula do primeiro ano do Ensino Fundamental de nove anos.
Seção
Artigos