Nutrição no processo de reabilitação de ex-usuários de drogas psicoativas

mapeamento do perfil nutricional de etilistas em recuperação de um grupo de apoio do município de Foz do Iguaçu/PR

Autores

  • Vanessa Caroline Gabriel

Resumo

Introdução. A dependência ao álcool tem como consequência o enfraquecimentofísico e clínico. A deficiência de micronutrientes ocorre com frequênciarelacionada ao consumo do álcool, indicando que o acompanhamento nutricionalmelhoraria o estado nutricional do etilista em recuperação. Objetivo. Apresentar oestado nutricional de alcoolistas em recuperação, frequentadores do grupo deapoio alcoólicos anônimos (AA) do município de Foz do Iguaçu/PR.Metodologia. Trata-se de um estudo transversal, com caráter descritivo eobservacional, realizado a partir de um levantamento dos dados de uma amostrarepresentativa da população de etilistas em recuperação. Foram entrevistados 34indivíduos. Resultados. Foram observados a predominância de indivíduos dosexo masculino (79,41%), casados (58,82%), empregados (58,82%) e com baixonível de escolaridade (70,58% apresentando 2º grau incompleto). Verificou-se quea faixa etária predominante de início do etilismo foi de 11 – 20 anos representando(55,88%) e o tempo de consumo foi superior a 10 anos (85,29%,). Os resultadosda presente pesquisa com relação ao IMC 3% apresentaram baixo peso, 70%algum grau de excesso de peso ou obesidade, 27% eutrofia e 79,4%apresentou obesidade abdominal, permitindo assim considerar que oalcoolismo influenciou no estado físico dos etilistas em recuperação. Conclusão.Os resultados apresentados no presente estudo mostram prevalência elevada deindivíduos com excesso de peso e obesidade, além de medida de circunferência dacintura alterada. Os resultados destacam padrão de consumo alimentar inadequadoem relação à ingestão de diversos alimentos. É importante que nessa fase daabstinência o individuo seja acompanhado e orientado por um profissional danutrição para ajudar a alcançar o seu obj

Publicado

13-03-2020