Nutrição esportiva

avaliação da concentração urinária de ureia em homens praticantes de musculação e que fazem uso de suplementos proteicos

  • Liliana Maria Baumgartner

Resumo

Introdução. A ureia é um subproduto da quebra de proteínas. Indivíduos que praticam musculação além de ter uma dieta rica em proteínas, também fazem uso de suplementos proteicos, podendo apresentar uma taxa maior de ureia na urina. Objetivo. Avaliar a concentração urinária de ureia em homens que fazem uso de suplementos proteicos para fins de ganho de massa muscular em academia de musculação. Metodologia. Analisou-se ureia na urina através do método enzimático (Advia 1650 Siemens), de cinco homens de uma academia na cidade de Itaipulândia/PR, com treinamento para ganho de massa muscular. Foi solicitada a coleta da primeira urina durante um período de prática de atividade física em uso de suplemento proteico (US). Foi solicitado cessar totalmente o uso de suplemento proteico durante uma semana e nas mesmas condições, foi coletada a urina após esse período (SS). Resultados. A idade média dos participantes foi de 25 ± 3 anos. O uso de suplemento proteico diário foi de 30 ± 5,8 g/dia. Os valores encontrados de ureia na urina para o teste US foi de 1405,17 ± 167 mg/dL, e para o teste SS foi de 517,55 ± 100 mg/dL, com diferença significativa quando comparado o grupo US ao SS (p = 0,003). Conclusão. O uso de suplementos proteicos apresenta aumento da concentração de ureia em urina, mesmo quando praticado atividade física, onde o requerimento proteico deveria ser utilizado para a síntese de massa muscular. Os resultados demonstram que há excesso de proteína na ingestão, sendo os aminoácidos metabolizados e seu nitrogênio sendo eliminado na urina.
Publicado
13-03-2020