Avaliação de pacientes com diabetes mellitus vinculados em uma associação de Foz do Iguaçu, por meio de instrumento de anamnese nutricional e recordatório alimentar

  • Eliane Santos da Cruz

Resumo

Introdução. O diabetes mellitus (DM) é uma é uma patologia de emergência global, doença metabólica caracterizada por hiperglicemia, resultante da deficiencia ou resistencia à ação da insulina, hormônio necessário na ultilização de glicose que obtemos através dos alimentos. A terrapia nutricional é imprescíndivel para os cuidados e tratamentos do DM. O estudo objetivou a avaliação nutricional dos pacientes com DM vinculados em uma instituição de Foz do Iguaçu/PR. Metodologia. Trata-se de uma pesquisa com caráter descritivo e observacional, realizada a partir do levantamento de dados de uma amostra com 61 pacientes diagnosticados com DM vinculados à associação. Foi utilizado o questionário de anamnese nutricional e recordatório alimentar de 24 horas. Resultados. Entre os avaliados a maior prevalência é do sexo feminino (62,20%). Quanto à faixa etária o maior número apresentou idade entre 46 e 55 anos (39,30%). Do total (31,15%) tiveram seu IMC classificado com excesso de peso. Quanto à classificação do tipo de DM (93,44%) são do tipo II. O consumo de carboidratos é inferior a 50% do valor energético total ingerido em (68,85%) dos entrevistados, quanto ao consumo de proteínas (50,82%) ingerem mais de 20% das calorias totais provenientes desses O percentual de calorias tendo como fonte os lipídios superaram os 30% para (68,85%) dos avaliados. Conclusão Este estudo permitiu elaborar uma percepção a respeito do perfil nutricional o qual a maior parte dos individuos não seguem um padrão de dieta e pode -se compreender que os participantes do estudo possivelmente subtituem o consumo de carboidratos pelo de proteina, além de descrever comportamentos de risco encontrados como o sedentarismo.
Publicado
13-03-2020