Ocorrência de insatisfação corporal, comportamentos alimentares inadequados e pressão midiática em universitárias de diferentes áreas de estudo.

Autores

  • Qi Shuwen

Resumo

Introdução: De etiologia multifatorial, os transtornos alimentares tem em comum o consumo, padrões e atitudes alimentares inadequadas com uma excessiva preocupação com o peso e o formato corporal. O medo excessivo do ganho de peso causado por fatores socioculturais que impõe um ideal de padrão estético, faz com que as mulheres sejam o público mais suscetível a desenvolver TA. Objetivo: Analisar a ocorrência de insatisfação corporal, comportamentos alimentares inadequados e influência da mídia em universitárias de todas as áreas do conhecimento, entre 18 à 25 anos. Método: Estudo observacional, transversal, com uma amostra probabilística de 202 mulheres, jovens, acadêmicas, entre 18 e 25 anos. Foi utilizado três instrumentos de pesquisa no formato de questionários sobre pensamentos e comportamentos relacionados à alimentação, influência midiática e insatisfação corporal. Resultados: a presente pesquisa encontrou variáveis significativas na análise dos dados de mulheres que apresentam insatisfação corporal relacionadas à influência da mídia. Conclusão: Identificou-se universitárias com insatisfação corporal que apresentam comportamentos alimentares inadequados em busca de menor silhueta pela pressão estética que sofrem para se enquadrar nos padrões corporais idealizados pela mídia.

Publicado

13-03-2020