Eficácia de um protocolo de cinesioterapia no tratamento da dor, mobilidade lombar e capacidade funcional em indivíduos com lombalgia

Autores

  • Thaisa Cavalini Grando

Resumo

Introdução: A lombalgia é uma dor que acomete a região inferior da coluna e está entre as dores crônicas mais recorrentes. Entre suas manifestações clínicas encontram-se a diminuição da mobilidade lombar e a incapacidade funcional parcial ou total, comprometendo de modo significativo a qualidade de vida. A cinesioterapia tem sido utilizada como uma das formas de tratamento da dor lombar e tem trazido resultados positivos ao quadro clínico dos pacientes. Objetivo: O estudo analisou a eficácia de um protocolo de cinesioterapia aplicado no tratamento da dor, da mobilidade lombar e da capacidade funcional de indivíduos com lombalgia. Metodologia: A pesquisa caracterizou-se como observacional e exploratória; envolveu 15 indivíduos de ambos os gêneros acometidos por dor lombar crônica. Foram realizados 20 atendimentos com o protocolo de exercícios de cinesioterapia, aplicado duas vezes por semana, com sessões de 50 minutos cada. A avaliação e reavaliação dos pacientes foi baseada na Escala Visual Analógica, no Teste de Schober e no Questionário de Roland Morris. Os atendimentos ocorreram no período de março a maio de 2019. Resultados: Após o tratamento, os pacientes apresentaram melhora nas três variáveis avaliadas. O quadro álgico passou de uma média de 6,53 (± 1,40) graus para 2,73 (± 1,33) na reavaliação; a mobilidade lombar de 3,25 (± 0,82) cm para 5,11 (± 0,60) cm; e a capacidade funcional passou de 14,4 (± 2,16) pontos para 8,06 (± 2,34). Conclusão: O protocolo de exercícios de cinesioterapia mostrou-se eficaz na redução da dor, no aumento da mobilidade lombar e na melhora da capacidade funcional dos pacientes.

Downloads

Publicado

11-03-2020