https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/issue/feed Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica 2020-03-13T17:06:07+00:00 Luciano biblioteca@uniamerica.br Open Journal Systems <p>Reconhecendo a importância de dar maior visibilidade à produção dos trabalhos de conlusão de cursos da Uniamérica, a Biblioteca central do Centro Universitário Uniamérica, disponibiliza os TCCs na biblioteca digital para acesso via internet.</p> https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/593 Ocorrência de insatisfação corporal, comportamentos alimentares inadequados e pressão midiática em universitárias de diferentes áreas de estudo. 2020-03-13T14:21:00+00:00 Qi Shuwen biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução: De etiologia multifatorial, os transtornos alimentares tem em comum o consumo, padrões e atitudes alimentares inadequadas com uma excessiva preocupação com o peso e o formato corporal. O medo excessivo do ganho de peso causado por fatores socioculturais que impõe um ideal de padrão estético, faz com que as mulheres sejam o público mais suscetível a desenvolver TA. Objetivo: Analisar a ocorrência de insatisfação corporal, comportamentos alimentares inadequados e influência da mídia em universitárias de todas as áreas do conhecimento, entre 18 à 25 anos. Método: Estudo observacional, transversal, com uma amostra probabilística de 202 mulheres, jovens, acadêmicas, entre 18 e 25 anos. Foi utilizado três instrumentos de pesquisa no formato de questionários sobre pensamentos e comportamentos relacionados à alimentação, influência midiática e insatisfação corporal. Resultados: a presente pesquisa encontrou variáveis significativas na análise dos dados de mulheres que apresentam insatisfação corporal relacionadas à influência da mídia. Conclusão: Identificou-se universitárias com insatisfação corporal que apresentam comportamentos alimentares inadequados em busca de menor silhueta pela pressão estética que sofrem para se enquadrar nos padrões corporais idealizados pela mídia.</p> 2020-03-13T14:21:00+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/594 Contaminação física dos alimentos 2020-03-13T14:26:10+00:00 Emerson Wagner Suzi biblioteca@uniamerica.br <p>A alimentação fora do lar expandiu-se, logo, a necessidade de seguir às normativas de agências reguladoras. Objetivo. Apresentar a sensação do consumidor ao encontrar contaminação física por pelo humano em produtos alimentícios, e adequação nas boas práticas higiênico-sanitária. Metodologia. Coleta de dados através de questionário em ambiente digital, com 166 participantes. Resultados. Dos participantes 93,37% referiram ter encontrado contaminação física por pelo humano em alimentos. 79,52% referiram interromper o consumo. A realização da tricotomia nos manipuladores e legislação regulamentando o procedimento, as respostas foram ‘sim’ em 79,52% e 70,48%, respectivamente. Na detecção da contaminação, o ‘nojo’ foi a sensação mais citada, 84,94%. Conclusão. A contaminação física por pelo humano, não causa danos à saúde, mas desconforto, inviabilizando o consumo, ocorrendo descarte desnecessário do alimento. A maioria dos entrevistados concordaram com a tricotomia, porém a inexistência de regulamentação, o torna inócuo.</p> 2020-03-13T14:26:10+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/595 Análise da adesão, aceitação e composição nutricional das refeições escolares que atendem crianças de 6 a 10 anos em escolas municipais da região leste do município de Foz do Iguaçu/PR 2020-03-13T14:29:25+00:00 Lauanda Dal Molin de Almeida Lara biblioteca@uniamerica.br <p>Objetivos: Apresentar a avaliação da adesão, aceitação e composição nutricional das refeições oferecidas em escolas de Foz do Iguaçu/PR, comparando os resultados encontrados com os valores de referência propostos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).<br>Métodos: Estudo descritivo exploratório realizado por meio da avaliação de refeições servidas a 670 alunos de duas escolas públicas municipais de Foz do Iguaçu/PR ao longo de cinco dias consecutivos do mês de junho de 2019.<br>Resultados: A adesão nas escolas 1 e 2 manteve-se abaixo do recomendado, com média de 28,8% e 40,6%, respectivamente. A aceitação mostrou-se adequada em dois dias apenas, em ambas as escolas, com maior índice para ‘polenta com carne moída e banana’. A composição de macronutrientes atingiu os valores de referência para a proteína (107,31%) na escola 1. Na escola 2, a adequação foi para a proteína (123,39%) e lipídeo (104,31%). Os micronutrientes, em ambas as escolas, 1 e 2, alcançaram os valores padrões somente para ferro (105,4% e 123,6%, respectivamente) e magnésio (110,6% e 113,6%, respectivamente).<br>Conclusões: O estudo possibilitou verificar que os parâmetros do PNAE não estão sendo plenamente atendidos, uma vez que a adesão, a aceitação e a composição nutricional das refeições fornecidas aos estudantes, beneficiários do programa, apresentaram baixa adequação.</p> 2020-03-13T14:29:25+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/596 Desenvolvimento de um cupcake de chocolate com massa à base de farinha de sorgo (Sorghum Bicolor L. Moench) para análise sensorial em estudantes de uma escola Municipal de São Miguel do Iguaçu-PR. 2020-03-13T14:32:20+00:00 Gabriela Bortoluzzi biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A população que tem a saúde mais afetada pelo hábito de consumir produtos industrializados são as crianças. Assim, observamos a importância da busca por alternativas alimentares benéficas, como os produtos formulados com a farinha do sorgo, que tem ação antioxidante, propriedades anti-inflamatórias e atividades biológicas anticâncer. Objetivo. Apresentar as etapas do desenvolvimento de um cupcake de chocolate, com massa à base de farinha de sorgo (Sorghum bicolor L. moench), como também os resultados da análise sensorial aplicada em estudantes de uma escola Municipal de São Miguel do Iguaçu-PR. Metodologia. Pesquisa experimental em laboratório de dietética para a formulação de cupcake à base de farinha de sorgo. Os ingredientes que compuseram o produto foram farinha de sorgo, água, açúcar cristal, ovo de galinha, amido de milho, cacau em pó, fermento químico, goma xantana e sal. O produto final foi submetido à análise sensorial, via escala hedônica fácil com notas de 1 a 5, com 40 alunos de uma escola Municipal de São Miguel do Iguaçu-PR. Resultados. A massa do cupcake apresentou um aspecto macio, com boa junção da farinha de sorgo e os outros ingredientes. Obteve boa aceitação pelos provadores, resultando na nota média de 4,57. Conclusão. Foi possível desenvolver uma formulação de cupcake de chocolate, com massa à base de farinha de sorgo. Pode ser uma boa opção na alimentação escolar, visto pelo elevado índice de aceitabilidade.</p> 2020-03-13T14:32:20+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/597 Análise da resposta glicêmica após ingestão de amido em diferentes tempos na prática de atividade física 2020-03-13T14:35:46+00:00 Daniele Cortina Figueiredo biblioteca@uniamerica.br <p>INTRODUÇÃO. A atividade física facilita o transporte de glicose muscular, com possível efeito imediato na glicemia, diminuindo o pico glicêmico e promovendo maior resistência ao exercício físico. OBJETIVO. Avaliar a resposta glicêmica de homens praticantes de atividade física, após a ingestão de um carboidrato complexo, na condição de início, durante treino, e em repouso. METODOLOGIA. Participaram 15 homens de uma academia na cidade de Nueva Esperanza-PY. Foi realizado teste de glicemia capilar, com jejum de oito horas, e ofertado 20 gramas de amido de milho dissolvido em 100 mL de água mineral. Primeiro teste (T1): em esteira a 5,5 km/h, foi realizada a primeira coleta (TT1), durante o treino com coleta a cada 15 minutos (TT2 – TT3 – TT4), e ao final de uma hora (TT5). Segundo teste (T2): seguiu o mesmo protocolo para a verificação da glicemia, porém os participantes permaneceram em repouso por uma hora (TR1, TR2, TR3, TR4, e TR5). RESULTADOS. Não houve diferença significativa entre os testes nos tempos TT1/TR1 e TT2/TR2, com diminuição significativa da glicemia para o T1 quando comparado ao T2 nos tempos TT3 (p=0,044), TT4 (p=0,001) e TT5 (p=0,001). CONCLUSÃO. A ingestão de carboidrato promoveu maior captação para os músculos utilizarem como fonte energética, sendo confirmado pelos resultados obtidos nesse estudo. Após a absorção, a glicose no sangue é requerida pelos músculos quando em atividade física, evitando pico de glicemia, podendo melhorar o rendimento físico e evitar que seja armazenada como triacilglicerol no tecido adiposo.</p> 2020-03-13T14:35:46+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/598 Nutrição materno-infantil 2020-03-13T14:48:51+00:00 Nathali Miranda Piacquadio biblioteca@uniamerica.br <p>A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno exclusivo seja realizado até os seis meses de vida, e complementado até os dois anos de idade ou mais. Porém, mesmo com todas as informações existentes atualmente, e diante das recomendações da OMS e do Ministério da Saúde (MS), ainda existe uma alta quantidade de mães que desmamam seus filhos precocemente, ou seja, antes dos seis meses de vida. Para obter melhores dados dessa problemática, o presente estudo teve como objetivo determinar a idade em que ocorreu o desmame de filhos de universitárias da cidade de Foz do Iguaçu/PR, e identificar os principais motivos do desmame precoce. A pesquisa foi quantitativa, com base em um questionário aplicado de forma online em um ambiente acadêmico da cidade de Foz do Iguaçu/PR. Em relação aos resultados, 40,6% das mães entrevistadas desmamaram precocemente, enquanto 59,5% não o fizeram prematuramente, ao analisarmos os motivos que levaram a cessar o aleitamento materno, foram apontados como os principais, a falta de leite (53,5%), a recusa da criança ao peito (32,6%), e o trabalho (30,2%). Concluiu-se que a idade predominante em que ocorreu o desmame dos filhos de universitárias foi após um ano de vida, não ocorrendo o desmame precoce em sua maioria, e a principal causa para aquelas que o fizeram, foi a falta de leite. Apesar do desmame precoce ser minoria na população estudada, deve-se trata-lo com seriedade, insistindo na importância do aleitamento materno.</p> 2020-03-13T14:43:10+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/600 Perfil clínico-nutricional e padrão alimentar de pacientes com insuficiência cardíaca já submetidos ao procedimento de angioplastia, em uma clínica de cardiologia pública na cidade de Foz do Iguaçu/PR 2020-03-13T14:54:47+00:00 Juliana de Oliveira Cigerce biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução: Muitos pacientes que hoje são portadores da insuficiência cardíaca (IC) sofreram outros problemas cardiovasculares e precisaram aderir ao tratamento através da angioplastia coronariana, que é um procedimento revolucionário de intervenção à complicação da doença aterosclerótica, por exemplo, e que além de aumentar as chances de sobrevivência nestes pacientes, atua como mecanismo de prevenção em estágios mais graves e avançados da doença, ou até mesmo como a forma de tratamento imediato emergencial perante um quadro de infarto agudo do miocárdio (IAM). Objetivo: Apresentar o perfil clínico-nutricional através do Índice de Massa Corporal (IMC), e o padrão alimentar de pacientes insuficientes cardíacos já submetidos ao procedimento de angioplastia, em uma clínica de cardiologia pública na cidade de Foz do Iguaçu/PR. Metodologia: Foram utilizadas como base de pesquisa as avaliações das medidas antropométricas e aplicação de um questionário de frequência alimentar (QFA) a cada paciente entrevistado. Resultados: Os pacientes apresentaram obesidade em 33,2% dos casos, e a circunferência abdominal classificada em risco muito elevado entre a maioria dos participantes, de ambos os sexos. O padrão alimentar dos pacientes é de alto consumo de gordura saturadas, em que 68,1% declarou consumo de pele do frango e gordura de carne bovina. A baixa ingestão no consumo de fibras também foi citada. Conclusão: Os participantes da pesquisa encontram-se em risco nutricional elevado para novos eventos cardiovasculares, sendo o estado nutricional inadequado e o padrão alimentar inferior ao preconizado pelas dietas protetoras da saúde cardiovascular devido sua frequência alimentar estar abaixo das recomendações dietéticas consideradas eficazes no tratamento da doença, entre a maioria.</p> 2020-03-13T14:54:47+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/601 Perfil nutricional de gestantes primigestas coletado durante a rotina de pre-natal realizada em UBS de Foz do Iguaçu-PR 2020-03-13T14:58:31+00:00 Jéssica Sandes da Silva biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A gestação é um período que impõe necessidades nutricionais aumentadas, e a adequada nutrição é primordial para a saúde da mãe e do feto. Gestantes devem consumir alimentos em variedade e quantidade específicas, considerando as recomendações dos guias alimentares e as práticas alimentares culturais, para atingir as necessidades energéticas e nutricionais, e as recomendações de ganho de peso. Objetivo. Avaliar o consumo alimentar de gestantes primigestas. Metodologia. O estudo foi realizado com 58 gestantes de unidades básicas de saúde do município de Foz do Iguaçu, no período de agosto/2019. Por meio de entrevistas, com o uso de instrumentos de coleta de dados sociodemográficos, socioeconômicos, recordatório de 24 horas e Questionário de Frequência Alimentar. Resultados. A média de idade do grupo foi 24,6 anos. O peso/idade gestacional estava adequado em apenas 36.20%. De acordo com os resultados, a média de energia e nutrientes apontaram que as dietas estavam abaixo do recomendado: constatou-se insuficiência de aporte energético, contudo, proteínas e lipídios estavam adequados. O carboidrato abaixo da recomendação. Em relação aos micronutrientes, nota-se que, com exceção da vitamina B12, a média ingerida esteve acima das recomendações. As vitaminas e minerais Vit A, Vit C, cálcio, zinco, ácido fólico e ferro alcançaram média de consumo inferior ao recomendado. Conclusão. As gestantes primigestas, em sua maioria, apresentaram risco nutricional. Casos de sobrepeso, obesidade, baixo peso e dietas poucas diversifica foram encontrados. Trabalhos futuros. Ações educativas na área de alimentação e nutrição durante o pré-natal. Ampliação do estudo de forma a indicar a necessidade da abertura formal do campo profissional para o nutricionista se fazer presente nas consultas pré-natais mensais, examinando os cardápios das gestantes e ajudando na escolha de alternativas alimentares saudáveis, adaptadas à condição econômica das gestantes.</p> 2020-03-13T14:58:31+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/602 Mapeamento de fatores associados aos comportamentos de risco para desenvolvimento de transtornos alimentares na adolescência, em estudantes de colégios estaduais da região leste de Foz do Iguaçu-PR 2020-03-13T16:05:41+00:00 Michelle Silveira dos Santos Schuster biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A adolescência é marcada por intensas transformações físicas, psicológicas e sociais. Essa população sofre influência direta dos aspectos socioculturais, podendo gerar insatisfação corporal, com risco de desenvolvimento de transtornos alimentares. Objetivo. Identificar os comportamentos de risco para transtorno alimentar, os níveis de satisfação com a imagem corporal e os aspectos socioculturais influenciadores. Metodologia. Estudo transversal, realizado com 209 adolescentes, com idades entre 15 e 17 anos. Os comportamentos de risco para transtorno alimentar, foram avaliados através da Escala de Atitudes Alimentares Transtornadas (EAAT). Para avaliar a influência dos aspectos socioculturais sobre a imagem corporal, foi utilizado o Questionário de Atitudes Socioculturais em Relação a Aparência (SATAQ-3). Na avaliação do grau de satisfação corporal, foi aplicado a Escala de silhuetas. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva, qui-quadrado e correlação de Pearson. Resultados. A insatisfação corporal atingiu 71 % da amostra. O gênero feminino apresentou maior influência da mídia sobre a imagem corporal. A população masculina apresentou maior pontuação média para o EAAT. Conclusão. Considerando a vulnerabilidade dos adolescentes aos fatores associados aos comportamentos de risco para TA e as consequências que podem gerar à saúde, é fundamental o desenvolvimento de ações educativas e de prevenção.</p> 2020-03-13T16:05:41+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/603 Avaliação do consumo e entendimento sobre produtos light e diet por frequentadores do setor de produtos ultraprocessados de um supermercado da região leste da cidade de Foz do Iguaçu/PR 2020-03-13T16:10:04+00:00 Kauane de Oliveira Santana biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. Os alimentos light e diet vêm ganhando cada vez mais espaço na mesa dos consumidores Brasileiros. Consumidores que buscam por novos e saudáveis hábitos veem nos produtos light e diet grandes aliados. Contudo, acabam tomando as decisões sem ao menos saber a diferença entre um produto e outro. Objetivo. Analisar o consumo e entendimento sobre produtos light e diet de frequentadores de um supermercado na cidade de Foz do Iguaçu/ PR. Metodologia. Trata-se de uma pesquisa com delineamento transversal, de caráter descritivo exploratório, e contou com 100 consumidores de ambos os sexos. Como instrumento de coleta de dados foi aplicado um questionário contendo questões fechadas, abordando variáveis econômicas e comportamentais. Foram analisados estaticamente com o auxílio do Software Sigma Plot. Para as variáveis observadas foram utilizadas tabelas de frequência com percentual. Também foi utilizado o Teste Qui-Quadrado para verificar as possíveis associações entre as variáveis e as respostas obtidas durantes a pesquisa. Resultados. Os resultados apontam que a maioria dos consumidores é do sexo feminino (65%), com idade de 35 a 44 anos (32%), com 3° grau completo (50%), e renda familiar entre 2 a 3 salários mínimos. Os produtos light e diet em conjunto são os mais consumidos e o motivo mais citado para o consumo é que utilizam por ser um produto mais saudável. Dos entrevistados 56% disseram não saber qual a diferença entre dos dois produtos, e o meio de informação sobre os light e diet foi pela internet. Conclusão. Conclui-se, que os consumidores não compreendem a finalidade da classificação light e diet, e não conhecem a diferença entre eles, apenas os consomem, pelas informações obtidas através de propagandas em televisão e internet. É necessário ações de esclarecimento sobre esses alimentos, para que a população possa consumir de maneira adequada e consciente e assim, usufruir de seus benefícios conforme sua finalidade.</p> 2020-03-13T16:10:04+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/604 Avaliação da resposta glicêmica de alimentos fonte de carboidrato complexo acompanhados de proteína e fibras 2020-03-13T16:17:24+00:00 SIMONE RAMOS FINK biblioteca@uniamerica.br <p>INTRODUÇÃO: O índice glicêmico (IG) reflete a concentração de glicose sanguínea após a ingestão de carboidratos. A hiperglicemia pós-prandial e o consumo elevado de carboidratos de alto índice glicêmico tem sido considerado fator relevante para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) como o Diabetes Mellitus e cardiopatias. OBJETIVO: Avaliar resposta glicêmica após ingestão de carboidrato complexo acompanhado de proteína e fibras. METODOLOGIA: Foram selecionados 20 indivíduos de ambos os gêneros, divididos em dois grupos (G1 e G2), com média de idade de 28,7 + 8,31 anos e IMC em 21,99 + 1,92 kg/m². O G1 consumiu pão branco (PB), pão integral (PI), pão branco com frango (PBF) e tapioca (T). O G2 consumiu arroz branco (AB), arroz integral (AI) e arroz branco com fibras (ABF). Os alimentos foram preparados conforme recomendação do fabricante e replicado igualmente em todos os testes. Seguiu-se o protocolo metodológico proposto Brouns et al. (2005). A glicemia capilar foi coletada com auxílio de um glicosímetro nos tempos de 0, 15, 30, 45, 60, 90 e 120 minutos. Foram realizados quatro testes com o G1 e três testes com o G2, em dias distintos com intervalos de sete dias cada. Os dados foram tratados utilizando estatística analítica. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa - UDC com parecer nº 3.410.958. RESULTADOS: A resposta glicêmica do G1 para PI foi significativamente menor no tempo de 60 minutos (P=0,049), e para T em 45 (P=0,056) e 60 minutos (P=0,016) em relação ao PB. Já o PBF apresentou menor “pico” glicêmico e absorção mais lenta que o PB. No G2 as respostas glicêmicas do AI e ABF, foram significativamente menores que o AB nos tempos de 60 e 90 minutos (P=0,006) e (P=0,041), e 30, 45 e 60 minutos (P=0,005), (P=0,008) e (P=0,003), respectivamente. CONCLUSÃO: a resposta glicêmica foi menor com a ingestão de fibras e proteínas. O IG é influenciado pelos componentes que fazem parte da dieta, como a proteína e as fibras. Uma alimentação balanceada com boa oferta de fibras e demais nutrientes pode prevenir picos na glicemia pós-prandial e com isso ser fator preventivo de DCNTs.</p> 2020-03-13T16:17:23+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/605 Aproveitamento Integral de Alimentos 2020-03-13T16:21:18+00:00 Michelle Patricia Castione Padilha biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. O aproveitamento integral dos alimentos é uma alternativa de baixo custo e sustentável por reduzir o desperdício de partes não convencionais e comestíveis. Novas tecnologias de produção alimentícia vem explorando esse espaço de componentes não convencionais para elaborar alimentos mais saudáveis e para públicos com particularidades nutricionais, a exemplo dos celíacos. O pão produzido para esse público é o alimento que mais perde com a ausência da viscosidade do glúten. Assim, é um alimento com potencial para novas formulações com ingredientes que aproximam o resultado final às características organolépticas do produto original. Objetivo. Elaborar um pão sem glúten com o aproveitamento integral da batata doce e cenoura e quantificar a aceitabilidade através do teste de análise sensorial. Metodologia. Pesquisa experimental com a formulação de pão que seguiu um fluxograma de processamento proposto (FRANCO, 2015) adaptado para às características dos produtos integralmente aproveitados. Os procedimentos de preparo dos experimentos ocorreram no laboratório de técnica dietética de uma instituição de ensino. Para a realização da análise sensorial foi utilizado o método de escala hedônica. Amostra não probabilística, de escolha intencional, com 50 indivíduos recrutados entre acadêmicos matriculados em uma instituição de ensino superior comunitária de Foz do Iguaçu/PR. Resultados. Foi possível elaborar uma preparação de pão sem glúten com aproveitamento integral da batata doce e cenoura, obtendo aceitabilidade de mais 80%(n=50) provadores. Conclusão. Concluímos ser possível elaborar um pão sem glúten com aproveitamento integral da cenoura e batata doce adicionado de fibras e quantificar aceitabilidade no teste sensorial positiva, possui características sensoriais adequadas para a maioria dos provadores e propriedades nutricionais particulares, por exemplo, baixo teor de sódio.</p> 2020-03-13T16:21:18+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/606 Perfil nutricional de um grupo hiperdia de uma estratégia saúde da família de Santa Terezinha de Itaipu- PR 2020-03-13T16:27:28+00:00 Josiane Martins Hanke biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. As doenças crônicas não transmissíveis são consideradas as principais causas de morbimortalidade no mundo, destacando a hipertensão arterial sistêmica e o diabetes mellitus.Tais doenças são consideradas problemas de saúde pública, pois o número de pessoas com essas patologias têm aumentado devido ao envelhecimento da população e à exposição a comportamentos que causam risco à saúde. Tais morbidades estão relacionadas ao excesso do consumo de alimentos com alto teor de sódio, gordura, e baixo teor fibras, além da falta de exercício físico. Objetivo. Apresentar o mapeamento do perfil nutricional dos hipertensos e diabéticos, participantes do grupo Hiperdia de uma Estratégia Saúde da Família da cidade de Santa Terezinha de Itaipu, Paraná. Metodologia. Foram entrevistados 100 indivíduos, onde se coletou dados de avaliação antropométrica, sóciodemográfica e aplicação de um questionário de frequência alimentar (QFA) aos mesmos. Resultados. Ambos os gêneros apresentaram Índice de Massa Corporal classificado em sobrepeso e obesidade para adulto e idoso, assim como a circunferência abdominal apresentou risco aumentado e risco muito aumentado. Quanto aos hábitos alimentares, houve a prevalência de consumo de carnes ricas em gordura, pouca ingestão de fibras, ingestão aumentada de sódio e açúcar, por meio de condimentos e alimentos industrializados. Conclusão.O estudo identificou elevada taxa de sobrepeso e obesidade entre os portadores de hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus, além da classificação de risco para a circunferência abdominal, alto consumo de alimentos ultraprocessados elevando os riscos para doenças cardiovasculares.</p> 2020-03-13T16:27:28+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/607 Riscos relacionados a interrupção da amamentação exclusiva e introdução alimentar precoce 2020-03-13T16:31:49+00:00 Geanahi dos Santos Centurion biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução: O aleitamento materno exclusivo é recomendado no primeiro semestre de vida, sem adição de qualquer outro líquido ou sólido. Após esse período, a oferta de tubérculos, carnes, cereais, frutas e verduras deve acontecer de forma gradativa quando a criança atingir maturidade física, ou seja, quando for capaz de mastigar, deglutir e digerir os alimentos. Objetivo. Avaliar os conhecimentos de mães universitárias em duas universidades da cidade de Foz do Iguaçu-PR. Metodologia: Estudo observacional e descritivo, grupo amostral constituído de (n=150) mães, 131 na instituição privada e 19 na instituição comunitária. A aplicação do instrumento foi realizada no mês de outubro de 2019. O questionário (Tabela 1) aplicado contém com 10 perguntas (respostas sim ou não) para as mães, e compilado esses resultados em Microsoft Excel. Resultados: Os resultados confirmam a hipótese de que mães com maior nível de escolaridade apresentam nível de conhecimento suficiente sobre os temas abordados, e em concordância com os conceitos de outros autores. Conclusão: Através desta pesquisa observou-se que o percentual de mães que sabiam as informações corretas em relação aos assuntos perguntados como introdução alimentar e amamentação, era maior do que mães que não sabiam. Isso demonstra que essas mães tiveram acesso e retiveram essas informações. A avaliação sobre a quantidade de mães que desmamaram precocemente seus filhos, não foi possível adquirir, porém, pelas respostas dadas à pesquisadora, essas mães fizeram o desmame de maneira consciente, evitando a precocidade.</p> 2020-03-13T16:31:49+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/608 Avaliação da aceitabilidade do cardápio semanal oferecido aos comensais em um hospital público de Foz do Iguaçu-PR 2020-03-13T16:37:11+00:00 Tuanny Borba biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A apresentação da refeição e a variedade de produtos oferecidos aos comensais em um serviço de alimentação, são aspectos importantes para a adesão às refeições do local. Diante deste fato, o objetivo desta pesquisa será mapear o grau de aceitabilidade do cardápio semanal oferecido aos comensais (colaboradores e acompanhante de pacientes hospitalizados) de um Hospital Público localizado na cidade de Foz do Iguaçu – PR. Metodologia. A presente pesquisa ocorreu mediante a aplicação de um questionário, com finalidade de explorar a aceitabilidade e o nível de satisfação dos comensais de uma unidade de alimentação e nutrição hospitalar durante o período de sete dias, com número amostral de 100 comensais, sendo eles, colaboradores e acompanhante de hospitalizados. Resultados. Os comensais se caracterizam sendo 65% funcionários do hospital e 35% acompanhantes de pacientes internados. Em relação às variáveis avaliadas do buffet, 53% caracterizaram como excelente ou boa a apresentação, porém 47% como insatisfatória, indiferente ou ruim. Sobre a variedade dos alimentos, 41% se mostraram satisfeitos e 59% não. Apenas 44% avaliaram o sabor e tempero como excelente ou bom e 26% demonstraram insatisfações relacionadas a esse quesito. Dos comensais, 9% avaliaram o restaurante afirmando falta de limpeza e higiene no refeitório e os demais, demonstraram estarem satisfeitos. Mais de 80% dos comensais entrevistados referiram estarem satisfeitos com o serviço. Conclusão. Conclui-se que a Unidade de Alimentação e Nutrição Hospitalar avaliada teve bom nível de satisfação dos comensais e que medidas de melhorias da variedade e tempero do alimento servido, podem auxiliar na melhoria da satisfação dos comensais.</p> 2020-03-13T16:37:11+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/609 A percepção que vegetarianos possuem sobre a sua dieta, saúde e qualidade de vida 2020-03-13T16:40:33+00:00 Solange Evangelista Vieira biblioteca@uniamerica.br <p>Contexto: Vegetariano é o indivíduo que exclui da sua alimentação todos os tipos de<br>carnes e derivados. As principais razões para a adesão ao vegetarianismo são a<br>preocupação com a saúde, meio ambiente e bem-estar dos animais. Segundo a<br>American Dietetic Association (ADA), as dietas vegetarianas balanceadas são<br>adequadas a todas as fases da vida.<br>Objetivo: Apresentar a percepção que vegetarianos, possuem sobre a sua dieta, saúde<br>e qualidade de vida.<br>Método: Pesquisa exploratória transversal, com abordagem qualitativa. A abordagem<br>ocorreu por meio de entrevista semiestruturada, avaliada a partir da técnica de Análise<br>de Conteúdo, proposta por Minayo (1992). As entrevistas foram gravadas e transcritas.<br>A pesquisa foi realizada com vegetarianos participantes de uma rede social, residentes<br>em Foz do Iguaçu/PR.<br>Resultados: A análise das entrevistas foi consolidada em três temas emergentes. O<br>padrão alimentar dos vegetarianos foi marcado por uma dieta baseada em grãos,<br>cereais, frutas, hortaliças, leguminosas. De acordo com os entrevistados, o impacto da<br>dieta vegetariana na saúde foi citado como benéfico para o bem-estar geral. Em relação<br>à qualidade de vida, os vegetarianos apresentaram tendência a prática de exercício<br>físico, uso de suplementos e baixo consumo de substâncias nocivas. De forma geral,<br>citaram lidar bem com o estresse e ter boa qualidade do sono.<br>Considerações finais: Mais estudos com temas abordados nessa pesquisa, poderão<br>contribuir para melhor compreensão dos riscos e benefícios da dieta vegetariana, além<br>de permitir a comparação de resultados. O conhecimento sobre as motivações, práticas<br>e recomendações dietéticas torna-se fundamental para os profissionais da Nutrição.</p> 2020-03-13T16:40:33+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/610 Mapeamento dos processos de boas práticas na manipulação de alimentos com ênfase na redução de custos, qualidade e segurança alimentar em um restaurante de Foz do Iguaçu/PR 2020-03-13T16:44:45+00:00 Juliana Aparecida dos Reis Santos biblioteca@uniamerica.br <p>Objetivo: Apresentar o mapeamento dos processos de boas práticas na manipulação de alimentos com ênfase na redução de custos, aliados a qualidade e segurança alimentar. Metodologia: Para mapear os processos relacionados às boas práticas de manipulação, foi utilizada uma lista de verificação baseada na Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA RDC n° 216/2004. Resultados: O instrumento composto por 15 seções, 14 foram avaliadas em um único dia no restaurante, as quais atingiram 58% de conformidades nos critérios gerais da legislação vigente, com relação a seção ‘4 – manipuladores’, foram observados 12 colaboradores em um período de 30 dias, totalizando 360 amostras. Quanto as atitudes corretas durante a manipulação, foi evidenciado 54,1% (n=195) de NC. Discussão: Durante o período da coleta de dados foi observado diversas vezes objetos pessoais em cima de bancada, inclusive em uso na área de manipulação, como por exemplo o celular. Tal objeto é considerado uma fonte de alto risco de contaminação. Vale ressaltar a possibilidade de o manipulador de alimentos ser uma possível fonte de contaminação, por meio das mãos contaminadas, colocando em risco a segurança alimentar. Conclusão: O estabelecimento obteve um resultado abaixo do exigido pela legislação vigente, apresentou 58% de conformidades, em relação aos manipuladores, demonstrou ausência nos treinamentos de boas práticas, falhas nos processos de manipulação de alimentos, os quais afetam significativamente a qualidade e a segurança alimentar, consequentemente aumentam os custos operacionais.</p> 2020-03-13T16:44:45+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/611 Avaliação de pacientes com diabetes mellitus vinculados em uma associação de Foz do Iguaçu, por meio de instrumento de anamnese nutricional e recordatório alimentar 2020-03-13T16:48:49+00:00 Eliane Santos da Cruz biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. O diabetes mellitus (DM) é uma é uma patologia de emergência global, doença metabólica caracterizada por hiperglicemia, resultante da deficiencia ou resistencia à ação da insulina, hormônio necessário na ultilização de glicose que obtemos através dos alimentos. A terrapia nutricional é imprescíndivel para os cuidados e tratamentos do DM. O estudo objetivou a avaliação nutricional dos pacientes com DM vinculados em uma instituição de Foz do Iguaçu/PR. Metodologia. Trata-se de uma pesquisa com caráter descritivo e observacional, realizada a partir do levantamento de dados de uma amostra com 61 pacientes diagnosticados com DM vinculados à associação. Foi utilizado o questionário de anamnese nutricional e recordatório alimentar de 24 horas. Resultados. Entre os avaliados a maior prevalência é do sexo feminino (62,20%). Quanto à faixa etária o maior número apresentou idade entre 46 e 55 anos (39,30%). Do total (31,15%) tiveram seu IMC classificado com excesso de peso. Quanto à classificação do tipo de DM (93,44%) são do tipo II. O consumo de carboidratos é inferior a 50% do valor energético total ingerido em (68,85%) dos entrevistados, quanto ao consumo de proteínas (50,82%) ingerem mais de 20% das calorias totais provenientes desses O percentual de calorias tendo como fonte os lipídios superaram os 30% para (68,85%) dos avaliados. Conclusão Este estudo permitiu elaborar uma percepção a respeito do perfil nutricional o qual a maior parte dos individuos não seguem um padrão de dieta e pode -se compreender que os participantes do estudo possivelmente subtituem o consumo de carboidratos pelo de proteina, além de descrever comportamentos de risco encontrados como o sedentarismo.</p> 2020-03-13T16:48:29+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/612 Nutrição esportiva 2020-03-13T16:57:23+00:00 Liliana Maria Baumgartner biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A ureia é um subproduto da quebra de proteínas. Indivíduos que praticam musculação além de ter uma dieta rica em proteínas, também fazem uso de suplementos proteicos, podendo apresentar uma taxa maior de ureia na urina. Objetivo. Avaliar a concentração urinária de ureia em homens que fazem uso de suplementos proteicos para fins de ganho de massa muscular em academia de musculação. Metodologia. Analisou-se ureia na urina através do método enzimático (Advia 1650 Siemens), de cinco homens de uma academia na cidade de Itaipulândia/PR, com treinamento para ganho de massa muscular. Foi solicitada a coleta da primeira urina durante um período de prática de atividade física em uso de suplemento proteico (US). Foi solicitado cessar totalmente o uso de suplemento proteico durante uma semana e nas mesmas condições, foi coletada a urina após esse período (SS). Resultados. A idade média dos participantes foi de 25 ± 3 anos. O uso de suplemento proteico diário foi de 30 ± 5,8 g/dia. Os valores encontrados de ureia na urina para o teste US foi de 1405,17 ± 167 mg/dL, e para o teste SS foi de 517,55 ± 100 mg/dL, com diferença significativa quando comparado o grupo US ao SS (p = 0,003). Conclusão. O uso de suplementos proteicos apresenta aumento da concentração de ureia em urina, mesmo quando praticado atividade física, onde o requerimento proteico deveria ser utilizado para a síntese de massa muscular. Os resultados demonstram que há excesso de proteína na ingestão, sendo os aminoácidos metabolizados e seu nitrogênio sendo eliminado na urina.</p> 2020-03-13T16:57:23+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/613 Avaliação do estado nutricional e perfil alimentar de alunos do ensino fundamental de uma escola municipal, localizada na região leste da cidade de Foz do Iguaçu –PR 2020-03-13T17:02:31+00:00 Sandriny E. Castilho biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A Educação Alimentar Nutricional dispõe-se a influenciar positivamente na formação de hábitos saudáveis de qualquer pessoa, em qualquer faixa etária, visado o reconhecimento de benefícios de uma alimentação sadia na Pré-escola, como forma de melhoria nas práticas alimentares dos escolares. Objetivo. Avaliar o perfil nutricional estudantes de uma escola da rede pública na cidade de Foz do Iguaçu – PR. Metodologia. Foram avaliadas 157 crianças do Ensino Fundamental I de uma escola municipal do município de Foz do Iguaçu (PR). Para as variáveis antropométricas foi aferido (peso e altura) e aplicado um questionário de 3 perguntas para avaliar o conhecimento dos alunos. A classificação do Índice de Massa Corporal (IMC) foi realizada a partir do cálculo do IMC por idade pela calculadora Antro Plus e a tabela de classificação da Organização Mundial de Saúde. Resultados. Das crianças avaliadas, 45,8% eram do sexo masculino e 54,2% do sexo feminino. A prevalência de obesidade entre os meninos foi maior do que das meninas (16,7% nos meninos e 3,52% nas meninas). As meninas apresentaram maior prevalência de eutrofia (67,05%) do que os meninos (54%). Independentemente do sexo, os alunos com maior índice de baixo peso se encontraram entre o 1° e 3° anos, e os alunos mais obesos se encontraram no 5° ano. Sobre o questionário, o percentual de crianças que conheciam os alimentos mais saudáveis foi de 54,4% e 45,6% não conheciam os alimentos. Conclusão. Conclui-se que a maioria dos alunos avaliados apresentaram eutrofia, porém devido casos de obesidade e baixo peso, é necessário que a escola realize ações de educação nutricional para melhorar esses índices.</p> 2020-03-13T17:02:31+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica https://pleiade.uniamerica.br/index.php/bibliotecadigital/article/view/614 Nutrição no processo de reabilitação de ex-usuários de drogas psicoativas 2020-03-13T17:06:07+00:00 Vanessa Caroline Gabriel biblioteca@uniamerica.br <p>Introdução. A dependência ao álcool tem como consequência o enfraquecimento<br>físico e clínico. A deficiência de micronutrientes ocorre com frequência<br>relacionada ao consumo do álcool, indicando que o acompanhamento nutricional<br>melhoraria o estado nutricional do etilista em recuperação. Objetivo. Apresentar o<br>estado nutricional de alcoolistas em recuperação, frequentadores do grupo de<br>apoio alcoólicos anônimos (AA) do município de Foz do Iguaçu/PR.<br>Metodologia. Trata-se de um estudo transversal, com caráter descritivo e<br>observacional, realizado a partir de um levantamento dos dados de uma amostra<br>representativa da população de etilistas em recuperação. Foram entrevistados 34<br>indivíduos. Resultados. Foram observados a predominância de indivíduos do<br>sexo masculino (79,41%), casados (58,82%), empregados (58,82%) e com baixo<br>nível de escolaridade (70,58% apresentando 2º grau incompleto). Verificou-se que<br>a faixa etária predominante de início do etilismo foi de 11 – 20 anos representando<br>(55,88%) e o tempo de consumo foi superior a 10 anos (85,29%,). Os resultados<br>da presente pesquisa com relação ao IMC 3% apresentaram baixo peso, 70%<br>algum grau de excesso de peso ou obesidade, 27% eutrofia e 79,4%<br>apresentou obesidade abdominal, permitindo assim considerar que o<br>alcoolismo influenciou no estado físico dos etilistas em recuperação. Conclusão.<br>Os resultados apresentados no presente estudo mostram prevalência elevada de<br>indivíduos com excesso de peso e obesidade, além de medida de circunferência da<br>cintura alterada. Os resultados destacam padrão de consumo alimentar inadequado<br>em relação à ingestão de diversos alimentos. É importante que nessa fase da<br>abstinência o individuo seja acompanhado e orientado por um profissional da<br>nutrição para ajudar a alcançar o seu obj</p> 2020-03-13T17:06:07+00:00 Copyright (c) 2020 Biblioteca Digital de TCC - UniAmérica